A brasileira Petra Costa, que concorreu ao Oscar pelo “Melhor Documentário” preferiu usar no tapete vermelho um vestido do designer sul-africano Marc Bouwer.

Os fashions designers brasileiros Lino Villaventura e Alexandre Herchcovitch tinham desenhados e confeccionados vestidos para a cineasta, mas no último minuto Ela os “preteriu” com a desculpa de que se “sentira mais segura” com o então vestido túnica com capa.

Tudo bem, o mundo é cosmopolita e ninguém está obrigado a nada, entretanto, uma vitrine como o tapete vermelho do Oscar era uma oportunidade de mostra um dos nossos talentos da moda brasileira, oportunidade de ser nacionalista com orgulho, afinal é o Brasil no Oscar.

Maas, não foi isso o que aconteceu…

Como está espaço é democrático e tem opinião, aí vai a minha: bola fora total de Petra Costa.

Petra Costa vestindo o designer sul-africano Marc Foto: Folha de São Paulo

Petra Costa vestindo o designer sul-africano Marc Bouwer  Foto: Folha de São Paulo

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Comentários do Facebook

Deixe um comentário