marisa-almeida-300x197

Os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) definiram, na manhã desta quinta-feira (5), a terceira integrante da advocacia a formar a lista tríplice para a vaga destinada ao quinto constitucional: a advogada Marisa Almeida.

A escolha se deu em sessão virtual do Tribunal Pleno, presidida pela vice-presidente do TRT-RN, a desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro.

Marisa Almeida recebeu quatro dos oito votos dos desembargadores. O advogado Augusto Maranhão recebeu os outros quatro votos. De acordo com o Regimento Interno do Tribunal, a data de nascimento dos advogados é adotada como critério de desempate, o que permitiu a proclamação de Marisa como a escolhida pela Corte.

Além da advogada, integram a lista tríplice os advogados Marcelo Barros e Eduardo Rocha.

A vaga foi aberta após o falecimento do desembargador José Rêgo Júnior.

A listra tríplice será encaminhada pelo TRT-RN à Presidência da República, a quem cabe a nomeação do novo desembargador da corte trabalhista potiguar.

DO TL 

A vaga do Desembargador Junior Rego está aberta desde janeiro de 2019, mas o processo das listas foi marcado por alguns atropelos e questionamentos judiciais desde o princípio.

A primeira lista foi questionada no CNJ e anulada em razão do voto do presidente do TRT, desembargador Bento Herculano, ex-marido da advogada.

Agora, a nova lista segue com sua presença .

 

0

 

Deixe um comentário