Alexandre Motta fala à CPI da Covid: “Não recebi nada por essa propaganda, mas pagaria para fazer”…

unnamed

Os trabalhos de hoje na CPI da Covid da Assembleia foram mais tranquilos do que a sessão de ontem com a presença sem fala do secretário Carlos Gabas (Consórcio Nordeste).

Foi ouvida a secretária de Comunicação  Guia Dantas e o médico infectologista Alexandre Motta, que foi ‘garoto propaganda ” da campanha de publicidade do Governo do RN no ano passado, alertando sobre os cuidados com aglomeração e uso da máscara.

Guia admitiu questionamento se haveria conflito legal com o uso da imagem do médico, que também é filiado ao PT e foi candidato a senador do partido em 2018.

A fala de Motta foi contundente ao destacar a necessidade da propaganda e de colaboração sem qualquer remuneração:

“Eu fiz de graça, mas pagaria para fazer essa propaganda.

Tenho orgulho de ter feito.

Faria até para o Gov Bolsonaro com quem tenho profundas divergências”

Ele também fez questão de enfatizar que não ocupa qualquer cargo no Governo Fátima Bezerra.

Os questionamentos do presidente da Comissão giraram em torno de afronta ao princípio da Impessoalidade que a Administração Pública deve se pautar.

One thought on “Alexandre Motta fala à CPI da Covid: “Não recebi nada por essa propaganda, mas pagaria para fazer”…

  • 7 de outubro de 2021 em 19:54
    Permalink

    Apesar das justificativas do médico, plausíveis, sem questionar aqui legalidade, ele teria que ser igual à mulher de César. Uma espécie de Dráuzio, um especialista na área em que mais precisávamos dele, mas poderia ser outro médico. Ou nenhum teria a disposição de fazer gratuitamente, o que nos leva a crer que 99,9% são mercenários ou queriam deixá-lo marcado para futuro próximo.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.