A Amazon, gigante do e-commerce, decidiu focar sua atuação nos consumidores de alta renda dos Estados Unidos.

Na última terça, a varejista online, fundada e comandada por Jeff Bezos, lançou um novo canal de vendas que batizou “Luxury Store”, no qual vai oferecer apenas produtos do segmento de luxo, um dos que mais crescem no país e no mundo, nos últimos anos, apesar da pandemia da Covid-19.

Essa informação impressiona, pois li muitos especialistas em mercado de luxo afirmarem que os comportamentos mudariam com a pandemia. Contudo, só reforça minha tese que só mudou em quem foi diretamente afetado.

images 439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário