corredor-walfredo

A foto é de uma matéria do G1 do início em fevereiro de 2018 e mostrava macas nos corredores do Hospital Walfredo Gurgel e um caos instalado graças a uma greve barulhenta e devidamente anunciada, filmada, divulgada.

Ontem, o vazamento de um audio em grupo de WhatsApp com o tom desesperado da diretora do mesmo hospital, a mesma Dra Fátima Pinheiro, com a mesma angústia que passou em administrações passadas.

Até o número é o mesmo: “80 macas aguardando atendimento nos corredores”…

Na época, gerou revolta a declaração que não procurassem mais o Hospital, “ficassem em casa porque não havia o que fazer”.

O que mudou? Pelo escrito, dito e vazado… piorou.

0-3

Hoje são as crianças que começam a ser afetadas.

Segundo o mesmo audio da diretora:

“A (clínica) Paulo Gurgel não tira mais nem criança, que ela NUNCA tinha parado criança..A gente não consegue secar esse poço. ”

O que mais surpreende é que com tamanha gravidade exposta nada foi apontado como solução ou mínimo paliativo.

Nem a Secretaria de Saúde ou alguém em nome da primeira governadora de origem popular se pronunciou. O caos está normalizou na Saúde pública do Rio Grande do Norte.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Um exercício simples: Diminuam o ritmo e observem os hospitais públicos e conveniados. Vejam o desespero das famílias, a tristeza em cada não recebido pelos pacientes, procurem conhecer o caminho para resolver um exame, uma cirurgia, um leito, uma UTI.
    A dor do outro só dói esporadicamente, quando “vaza” um áudio do que todos já sabem. Se dói mesmo. Resolução, quem tem? Amenizar os problemas, de que forma? Quando? Nada é resolvido em um estalar de dedos, mas um pouco todo dia, com empenho, preocupação e empatia, quem sabe em um espaço menor de tempo, pelo menos as coisas estejam mais controladas.

  2. Kathia Jansson
    Responder

    Sugiro que a Governadora do RN, Fatima Bezerra procure respeitar e procurar se harmonizar com o Governo, com o Ministro da Saude e com o Presidente Bolsonaro, para merecer receber a ajuda necessaria para o setor de saude e hospitais no Rio Grande do Norte. Sem harmonia, sem respeito nao havera progresso nem sucesso no desenvolvimento do Estado. Mesmo que ela seja do partido contrario ao Governo, procure ter consciencia e pensar na saude e bem-estar da populacao do RN durante o seu Gonerno. Ela so tera a ganhar se mudar seu sentimento e acao.
    Encontro-me vivendo na Europa, mas sou de Natal e tenho familiares que vivem la. Muito obrigada se puder fazer chegar a Governadora a minha mensagem, desejando ajuda-la.

Deixe um comentário