F6364363-BAA0-4DF2-BA2F-C7F1A2E8DD43
Aos 22 anos, o filho 04 do
Presidente Bolsonaro fez sua estreia na vida pública em grande estilo.

No Estádio Mané Garrincha, reuniu amigos, futuros parceiros, empresas e entidades do público alvo, para apresentar sua produtora de eventos e o que mais precisar de uma força nas mídias.

Digitais, de preferência.

Estudante de Direito em faculdade particular do Rio de Janeiro, cumpre currículo escolar de tempos virtuais.

Com carga horária reduzida na modalidade bunda-carteira, facilmente adaptada ao ensino por controle remoto que o distanciamento social exigiu, vai colar grau, à distância, no ano II da pandemia,.

Não deverá advogar.

Não revelou planos para o Exame de Ordem da OAB. Que julga desnecessário.

Inicia a vida de empreendedor, com polêmica de gente grande.

Em comitês de ética, editoriais de jornalões e nas altas esferas.

Pauta para tribunais superiores e munição na  guerrilha das redes sociais.

Uma empresa parceira prestou serviços de filmagens do regabofe de lançamento,  sem nada cobrar.

Como habitual no meio, o trabalho seria compensado com a divulgação da própria marca.

Só que havia alguns bois na linha.

E contratos com o poder público federal, no meio do caminho.

Não tardou, questões morais foram levantadas.

Mais uma peraltice e outro rolo para o paipazão administrar.

No mercado de trabalho dos novos tempos, a vez é dos multifuncionais.

O garoto não vai seguir vida empresarial exclusiva.

Até a imensa torcida da Sociedade Esportiva do Gama sabe.

Está reservada para ele, uma cadeira no parlamento.

Filiado ao PSC, o partido neo-pentecostal presidido pelo Pastor Everaldo, é bilhete premiado para uma vaga de deputado federal em 2022,  representando o rebanho do curral carioca.

É um jovem antenado em bluetooth, totalmente conectado  aos comportamentos da geração Z.

Tem atitute e personalidade.

Sem esconder a forte influência paterna e dos meio-irmãos.

Adota visual modernoso.

Ternos bem cortados, incomuns para idade que prefere bermudões e moletons três números mais largos.

Corte de cabelo que lembra a franjinha do pai.

Ambas, repartidas no lado direito.

Pegador de longa fila.

Ao ser perguntado se teria tido namorico com a filha de um suposto miliciano, respondeu que não lembrava.

Já tinha “pegado” quase  todas as garotas do Vivendas da Barra.

Seu eleitorado é próprio.

É conhecido no universo dos curtidores dos jogos eletrônicos, tem pra mais de 250 mil seguidores só no Instagram e vídeos com 500 mil visualizações.

Por alegado comportamento inadequado, sua conta foi banida do Twitch, plataforma onde gamers trocam ideias e comentam jogos eletrônicos.

Também desdenhou da gripezinha e não viram graça na brincadeira.

Com nome inspirado no político alagoano, para fins eleitorais,  já adota agnome não encontrado na certidão de nascimento.

@bolsonaro_jr.

O bolsonarismo mostra que vai ser mais duradouro que se possa pensar.

As mesmas visões do mundo, sem renovação de métodos mas de roupa nova.

Ainda resta uma última esperança de mudança.

Mas só  pra depois de 2028.

Laurinha vem aí.

DADEF1A0-8BB5-428D-88D7-4486048680D5

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    – A mamata acabou
    – Oligarquias e velhos sobrenomes não prestam
    – A vida pública não é um meio de vida
    – Tem atitude de um idiota e a personalidade de um mimado
    – O Rio de Janeiro não decepciona, haverá de manter essa família por séculos
    – A campanha de Laurinha começou em 2018

Deixe uma resposta para observanatal Cancelar resposta