images-2

Eram quase 21 h da sexta-feira, 13, quando o vereador Carlos Bolsonaro, o 02, postou em suas redes sociais (reativadas) um video  “URGENTE” do deputado federal Otoni de Paula:

-Quem é aliado do presidente Bolsonaro precisa compartilhar esse video. A canalhice do Governador Wilson Witzel não tem limites… Atenção, Atenção, pode ser que eles estejam preparando uma matéria para o Jornal Nacional de hoje. Igual aquela do porteiro. Pode ser no Jornal Nacional de hoje ou até no Fantástico. Quem não for covarde, compatilhaaaaa!

O video diz ainda que o Governador do Rio de Janeiro está forjando provas para envolver a família do Presidente Bolsonaro na morte da vereadora Marielle Franco.

O deputado Otoni, compartilhado por Carlos Bolsonaro,  é do partido do Governador Witzel.

– Atenção, a conversa é totalmente montada! Eles estão pegando um miliciano, que conversa com outro miliciano. Só que essas conversas são armadas, ok? 

E continuou:

-Sem-vergonhice, safadeza, precisa disso governador? Que mostro que você é, Wilson? Que espécie de bandido você se tornou, governador? Até onde vai seu nível de bandidagem? É uma família que você está atacando. Você está armando contra o Flávio, que subiu n carro com você, que pediu voto pra você. A que ponto estamos chegando no Rio de Janeiro? Pegando milicianos para forjar um crime. É claro que não ‘toda a Polícia Civil, mas é uma corja! 

O video em tom exasperado do deputado carioca tem mais de 20 minutos e se encaixa na declaração do próprio presidente Bolsonaro, ontem, na porta do Palácio do Planalto:

“No caso Marielle, outras acusações virão. Armações! Vocês sabem de quem.” …

DO TL: O presidente não chegou a acusar o Governador Witzel explicitamente. O filho fez por ele.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    E pelo que se sabe, os filhos são o presidente, ainda que ele diga q não quando a coisa complicada.
    Mesma forma de fazer, reiteradamente. Jogam as Fake news nas redes e deixam que seus simpatizantes, imbecilidades ou nem tanto, destilem ódio, xinguem, ameacem com muitos achando normal. Pura covardia.

Deixe um comentário