keep-calm-and-joga-pedra-na-geni-2

A sessão de terça-feira na Assembleia sobre os vetos a projetos em tramitação há anos na Casa foi das mais pacíficas dos últimos tempos.

Apesar de divergências entre base e governo, forma e conteúdo com intérpretes da lei, uma novidade observada; a citação recorrente à Comissão de Constituição e Justiça da AL, acusada pela bancada de oposição de … “governista”.

Ela é presidira pelo deputado Raimundo Fernandes, que não chegou a se pronunciar a respeito.

E quando um deputada evocava: – Tem parecer favorável – ou contra – da CCJ, o deputado José Dias estocava:

– E desde quando a CCJ virou o Supremo Tribunal Federal?

Até o presidente Ezequiel Ferreira de Souza interferiu diante de tanta importância dada à Comissão de opinião:

– Líder, o Plenário é soberano.

DO TL: É sobernano e, muitas vezes, pacificado com um adversário comum externo.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Raimundo Fernandes não é governista, é ultra governista.
    José Dias corretíssimo, falam da CCJ como se o parecer da comissão fosse indiscutível. Mas é discutível sim, e bem discutível.

Deixe um comentário