unnamed

Bom senso do Corregedor Regional Eleitoral , Desembargador Claudio Santos ao emitir  Recomendação  aos juízes eleitorais, que trata da expedição da diplomação dos eleitos no pleito de 2020.

Em resumo, lembra o decretado pela OMS em relação a pandemia do Coronavirus e sugere  as cerimônias de diplomação e dois formatos:  por videoconferência ou presencialmente mas sem a presença de convidados, limitando-se a participação às autoridades municipais, candidatos eleitos e apenas um familiar destes últimos.

Cabe a cada  juíz presidente de Junta Eleitoral  definir o formato escolhido.

 

Comentários do Site

  1. Pontes
    Responder

    O politicamente correto não foi atendido durante a campanha. O próprio TRE fingiu que não viu as peculiaridades da campanha, agora quer imprimir o modelo preocupado com a saúde.

    Pensando nos servidores, não deveria ter nem aglomeração de formiga, imagine de político para receber um diploma, ou fazer festinha. Certificado virtual também é válido.

  2. observanatal
    Responder

    Não tem que ter festa, aglomeração nenhuma. Faz o evento oficial virtualmente e pronto. Todos sabemos que os empossados farão a festa quando desligarem as câmeras. Então o TRE faz o mínimo do papel dele.

Deixe um comentário