th

Roda Viva – Tribuna do Norte – 12/04/20

Em Natal , vale o registro de uma oficina de conserto de roupas que atravessou essa fase inicial da Pandemia sem precisar demitir um só funcionário e manteve o faturamento.

Repetiu a história de quem enquanto outros choram passou a fabricar lenços. Aqui passou a fabricar máscaras. Máscaras cirúrgicas com grande procura para prevenir do coronavirus.

Do seu lado, o Governo do Estado mobilizou as oficinas de costura do programa ProSertão, cada um se comprometendo a produzir 8.400 máscaras de pano num total de 7 milhões, com o apoio de Confecções Guararapes/Riachuelo.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário