Crise afeta a Festa de Natal da Rainha Elizabeth

A crise financeira provocada pela pandemia chegou com tudo ao Palácio de Buckingham.

A queda nas receitas das casas reais é muito maior que o esperado, registrando apenas 10 milhões de libras ou cerca de 67 milhões de reais, quando as previsões para 2020 estavam acima dos 110 milhões ou 737 milhões de reais.

Estas perdas estão obrigando a Rainha Elizabeth a dispensar vários integrantes de seu staff, que conta com 1.200 funcionários divididos entre Buckingham, o Castelo de Windsor, Balmoral e Sandringham. Até agora, 86 pessoas foram demitidas e mais uma turma deve ser dispensada nas próximas semanas.

Além do surto de Covid-19, o Brexit também causou problemas na economia real, já que os Windsor deixaram de receber fundos agrícolas anuais que vinham de Bruxelas e de outras paragens.

As novas medidas do governo, que ameaçam vigorar pelos próximos seis meses, colocam em cheque o número de assistentes diretos da Rainha.

Espera-se que em dezembro, a Rainha e o marido Philip voltem para Sandringham, onde tradicionalmente recebem os membros da família real nas férias de Natal. Mas os festejos também serão afetados pela pandemia. Uma das possibilidades é que o jantar natalino reúna apenas quatro familiares, além de Elizabeth e Philip.

Agora fica a dúvida: quem serão os eleitos para o Natal da Rainha?

Quem será convidado para o jantar de Natal da Rainha?
Quem será convidado para o jantar de Natal da Rainha?

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.