isolda-allyson

Quem acompanha as sessões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte pode sentir também o clima político das disputas municipais,  que começam a esquentar, mesmo em tempos de isolamento social.

No segundo maior eleitorado do Estado, Mossoró é uma incógnita para quem observa à distância. A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) é a favorita em todas as pesquisas – divulgadas e internas – nessa pré-campanha.

Mas existe também um sentimento real e crescente por  mudança e pode até ser de uma maioria, mas é suficiente para reverter o quadro eleitoral?

Sem previsão legal de segundo turno no pleito de 2020, a fragmentação da oposição ajuda a manter a Rosa forte e absoluta para cravar a reeleição.

A outra opção é UNIÃO em torno de uma chapa que contemple a ex-prefeita Claudia Regina (DEM), deputados Allysson Bezerra (Solidariedade)  e Isolda Dantas (PT).

Se é difícil de imaginar vendo a incoerência programática dos partidos, o discurso do dia também não ajuda. E do dia é hoje.

O deputado do Solidariedade , Allysson Bezerra mirou sem pena nas ações da Governadora Fátima Bezerra durante a pandemia em Mossoró. Na sessão virtual  da AL criticou a ausência física e institucional na cidade :

A Governadora se limitou a fazer politicagem em Mossoró. Logo uma cidade que deu uma maioria tão ampla a ela nas eleições de 2018… 

A postura de Allysson aponta distanciamento da conterrânea Isolda e também fala muito sobre a avaliação do Governo Fátima na terra de Santa Luzia.

E isso, também acaba sendo positivo para Rosalba. Afinal, em 2018 ela representou o anti-Fatima com o filho na chapa de vice de Carlos Eduardo.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Vou pegar a pipoca para ver Isolda, a estridente, e o mocinho do Solidariedade Kelpisiano. Já Cláudia Regina, vamos ver para onde vai se aliar. Se for apoiar Isolda vai ser até engraçado José Agripino e Lula no mesmo palanque.

Deixe um comentário