download

Roda Viva – Tribuna do Norte – 020521

Num regime de Capitanias Hereditárias não dava para estabelecer limites entre Pais, Filhos e o Estado.

Mas a história do RN registra que há 417 anos, com pompa e circunstância, Jerônimo de Albuquerque lavrara a escritura de doação de cinco mil braças quadradas de terras, em Cunhaú, aos seus filhos Antônio e Matias.

Lá foi construído o engenho depois invadido pelos holandeses.

Jerônimo de Albuquerque se tornou o terceiro indígena brasileiro a ser reconhecido oficialmente como herói. E é o fundados da primeira família do RN..

Deixe um comentário