A elegância está em crise? Pelo visto no Oscar 2020, sim.

Acabou a era em que as atrizes caprichavam e as escolhas eram felizes, e os vestidos se tornavam cópias globais de modelos usáveis e de elegância. Vale lembrar que os fashions designers mudaram também, hoje priorizam muito mais “marketing” do que bom gosto. É aí onde a mão carrega e sai do tom.

São os novos tempos, em que “aparecer a qualquer custo” parece superar a elegância do vestir. Nesse Oscar foi difícil escolher modelos que fossem referência de bom gosto. Diante de tanta coisa sem graça ou estranha, escolhi três vestidos. Não que sejam nota dez, mas que diante do contexto e das opções, foram os melhores da ocasião.

Vamos lá…

Charlize Theron, que concorria à melhor atriz pelo filme Escândalo“, num vestido longo preto Dior com fenda e decote assimétrico.

charlizetheron-oscar-2020

Renée Zellweger foi com um vestido de um ombro só brilhante Armani Privé. A atriz levou a estatueta de melhor atriz pelo seu papel em Judy – Muito Além do Arco-Íris“.

Renée-Zellweger-at-Oscars-2020

E o terceiro que me pareceu bem, inclusive, quando Ela entrou pra apresentar uma das atrações foi o vestido Celine usado pela atriz Brie Larson.

kniohiekwz82flhxt7gy

E aí, concordam? Gostaram?

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Comentários do Facebook

Comentários do Site

Deixe um comentário