Empresas de transporte intermunicipal começaram a demitir seus empregados a partir de hoje.

A Trampolim da Vitória, por exemplo.  dispensou 120 na manhã desta quarta-feira.

Ao longo do dia,  as empresas urbanas também devem anunciar suas demissões.

São 600 empregados nas empresas que operam em Natal e 250 nas intermunicipais.

O número de passageiros transportados, que já vinha caindo,  chegou a 90% na última semana em razão das regras (necessárias)  de isolamento social gerado pelo Coronavirus no Brasil e no Rio Grande do Norte.

A Federação  das Empresas de Transporte, Fetronor, já encaminhou oficio à Prefeitura de Natal e ao Governo do Rio Grande do Norte, pedindo redução de ISS e de ICMS.

É o que outros estados têm feio para amenizar os efeitos de crise ao empregador neste momento.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    O setor de transportes é dos mais cruéis que existem. Demissões em massa para pressionar e conquistar isenção de ICMS e ISS. Esses empresários serão melhores depois da pandemia? Duvido.

Deixe um comentário