Mais uma boas notícia a favor do vinho tinto.

Segundo Mien-Chie Hung, uma bióloga molecular e pesquisadora do Departamento de Oncologia da Universidade de Houston, no Texas, EUA, os taninos são capazes de prevenir a infecção e controlar os crescimento do Coronavírus no organismo.

Acredito que diante dos tantos benefícios do vinho à saúde, esse seja mais um, que não tem poder de cura, mas de contribuir ao contexto.

Viva o vinho e sua cultura de se degustar moderadamente e de forma diária.

Os mágicos benefícios do  vinho à saúde

Os mágicos benefícios do vinho à saúde

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Comentários do Site

  1. Maria das Graças de Menezes Venâncio
    Responder

    Gosto de uma taça de vinho diariamente. Hoje aprendi a ler o Território Livre.
    Prefiro fica no anonimato. Houve uma período da minha vida que ia muito a Brasília.
    Com o sobrenome Venâncio (embora seja Dantas), era até bem recebida. Minha mãe idem. Mas, conheço a história do Antônio Venâncio. Hoje em dia qdo passo em Brasília é numa conexão. Tristeza o falecimento do Venâncinho. Interessante o Blog.

    • Bebeto Torres
      Responder

      Coisa boa Maria das Graças, que bom que está lendo o TL!!
      Seja bem-vinda e espero que sinta-se sempre à vontade em comentar e tecer opiniões. Pode acreditar, aqui é realmente um território livre.
      Imagino, a Família Venâncio faz parte da história empresarial de Brasília.
      Realmente, uma tristeza a morte do Venancinho, tão jovem e com toda uma vida pela frente.
      Abraço, obrigado,
      Bebeto Torres

  2. Maria das Graças de Menezes Venâncio
    Responder

    Por um acaso abri agora. Estou me concentrando para ver se avanço numas aquarelas que estou pintando. Obrigada por ter respondido. Sou Venâncio e qdo chegava em Brasília nos anos 70 era muito bem tratada. Tem um fato curioso que meu irmão médico Venâncio Junior fez residência no DF e as enfermeiras achavam que era charme comprar nas Lojas Ducal, bem populares naquela época. Gostava de ir a Brasília, até porque lá moravam primos legítimos e muito estimados Maria Diva a Arnóbio Toscano. Me lembro que uma vez fui a um Congresso da ABAV. No tempo que trabalhei com turismo os congressos eram uma festa teve um churrasco com vinho passando em mangueiras uma instalação que fizeram. Junior meu irmão foi, estávamos com o Paulo Gaudenzi, Denise Barbosa *uma grande amiga que faleceu. De soslaio “avistei” a Ilneth Correia. Não sei se estava de penetra. rsrs

Deixe um comentário