unnamed

A sentença é do juiz Airton Pinheiro da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

Nela a ex-prefeita Micarla de Sousa  foi condenada por improbidade administrativa  a perda de direitos políticos por três anos e a  pagamento de multa civil no valor correspondente a 10 vezes a remuneração recebida à época que ocupava o cargo de prefeita.

Micarla  foi prefeita de Natal de 2009 a 2012.

E segundo a sentença ficou provado que ela deixou de recolher as contribuições patronais ao NatalPrev, entre dezembro de 2010 e abril de 2012, gerando dívida ao Erário de R$ 32.790.575,61.

Da decisão ainda cabe recurso às instâncias superiores.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Só 32 Milhões?

    A candidatura da ex-prefeita subiu no telhado. Matou metade dos babões dela que juram amor eterno ao prefeito Álvaro Dias.

Deixe um comentário