92337122-2987-4B19-AD1E-71545ED9E7DFDa direção do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, nota sobre o registro  deste TL da falta de álcool, ontem,  nas suas UTIs.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
HOSPITAL MONSENHOR WALFREDO GURGEL

*NOTA*

O Corpo Diretivo do HMWG informa que não procede a informação de que está faltando álcool gel em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A nota equivocada foi publicada nesta segunda-feira (23), no blog Território Livre, do portal online deste jornal.

A chefe da Divisao de Higienizacao, Silvana Costa, afirma que, além de não existir a falta do material no hospital, há estoque para reposição no almoxarifado da unidade.

Silvana também disse que, “com relação às UTIs, o monitoramento diário tem sido intensificado para que não falte: água, sabão e álcool gel”

Corpo Diretivo do HMWG

 

A informação foi passada pelo Dr. Paulo Rocha de Arruda Câmara, 38 anos, pai de Davi e Luiz que ontem ao assumir plantão de 24h na UTI Bernadete, não contou com álcool a 70° para a desinfeção inicial.

Em contato com o redator do post, o urologista de formação e intensivista por concurso e necessidade, informou que o item em falta foi suprido. Um frasco. Com a ressalva que o produto estaria sendo racionado.

Quanto aos equipamentos de proteção individual, os plantonistas estão dispondo de gorro, propés e máscaras cirúrgicas descartáveis. Os aventais são de tecido. Laváveis e reutilizáveis. Não estão sendo disponibilizadas máscaras N95 nem óculos de proteção.

Este TL tomou conhecimento que o Governador Cuomo, de Nova Iorque, alertou aos seus cidadãos que os insumos médicos disponíveis na rede hospitalar da maior cidade norte-americana são suficientes para uma semana, no máximo.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário