Fenômeno em NY: os arranha-céus balançam com os ventos fortes do inverno

Um fenômeno incrível, mas já planejado e calculado pela tecnologia da construção civil, acontece nessa época na Big Apple.

Os arranha-céus de Nova York estão balançando… isso mesmo, balançando. Isso devido aos super ventos do inverno atual.

O quinto prédio mais alto dos Estados Unidos, que já foi o maior do mundo, com seus quase 426 metros de altura, o 432 Park Avenue, é um dos que mais balançam… mas que ninguém se engane: o arranha-céu residencial projetado pelo arquiteto uruguaio Rafael Viñoly de fato precisa balançar, assim como todos os outros prédios com alturas parecidas ou até maiores, do contrário, o risco de que venham ao chão é grande.

O próprio Viñoly falou a respeito disso durante um evento do qual participou em NY recentemente. Na ocasião, o que se discutia entre os presentes era justamente o limite, se é que algum dia vai haver, para a altura desses mega-empreendimentos.

Viñoly acredita que prédios mais altos ainda serão construídos, e sempre cada vez mais seguros.

Inaugurado em 2015, o 432 é o prédio considerado o cartão de visitas do “Billionaire’s Row”, ou a “Ala dos Bilionários”, uma quarteirão da Big Apple recheado de arranha-céus que balançam o tempo inteiro sem que as pessoas dentro deles, todas riquíssimas, percebam o que está acontecendo.

O 432, o arranha céu mais alto de Nova York balança mas não cai devido aos fortes ventos do inverno
O 432, o arranha céu mais alto de Nova York, “balança mas não cai” devido aos fortes ventos do inverno

Logo Anninha

9d5941a7-0119-44e8-83a2-907d554622cf

7cb029f9-6e74-4127-92e5-6b46e010dec8

5d37274b-d302-4c8e-89c7-6a8ad3764f00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.