programa-verde-amarelo-960x540

Por Caio Junqueira da CNN 

O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, declinou do cargo oferecido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, no Conselho Fiscal do Sesc, o Serviço Social do Comércio.

Guedes havia nomeado Ramos em outubro no lugar do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogerio Marinho, seu desafeto na Esplanada.

O movimento foi visto por fontes na Economia como uma retaliação de Guedes a Marinho, uma vez que ambos divergem sobre o rumo da política econômica.

Com a perda do cargo, Marinho perdeu a remuneração adicional que o posto lhe dava e que ele ocupava desde o início de 2019.

Com a recusa de Ramos, Guedes já busca um novo nome. Segundo fontes da Economia, ele não irá renomear Marinho.

DO TL 

O gesto do general Ramos  é simbólico e mostra apoio ao potiguar dentro do Palácio do Planalto. O lugar mais próximo do presidente Jair Bolsonaro.

Deixe um comentário