Morreu na noite desta sexta-feira (24) o ex-deputado federal Ibsen Pinheiro (MDB-RS), aos 84 anos. Ele estava internado em um hospital em Porto Alegre e sofreu uma parada cardiorrespiratória. 

Deputado por quatro legislaturas, Ibsen presidiu a Câmara durante o processo de impeachment do presidente Fernando Collor, em 1992. Também integrou a Assembleia Constituinte, que redigiu a Constituição de 1988.

Ibsen nasceu em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, em 1935. Foi jornalista esportivo, advogado e procurador de Justiça. Também dirigiu o Internacional.

Na política, começou como vereador de Porto Alegre. Antes de chegar à Câmara, foi deputado na Assembleia gaúcha. Foi ainda presidente do MDB do Rio Grande do Sul.

Teve mandato cassado em 1994 no episódio batizado de Anões do Orçamento, divulgado pela revista Veja. Posteriormente, 11 anos depois, o jornalista responsável pela matéria reconheceu que haviam erros nos números divulgados sobre o suposto desvio de verbas.

Voltou à política em 2004, ao ganhar novo mandato como vereador de Porto Alegre. Seu último mandato foi como deputado estadual até 2018, despedindo-se da Assembleia Legislativa em abril daquele ano.

Deixe um comentário