10/02/2012. Crédito: Iano Andrade/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Mulheres na Diplomacia. Diplomata Tânia Malinski no Palácio em frente ao Palácio do Itamaraty.

Como a situação requer, vamos a um assunto de alta responsabilidade e de utilidade pra quem está fora do país ou possui parentes em tal situação.

Informação repassada pela artista plástica e Embaixatriz Brasileira em Honduras Marília Bulhões.

O Itamaraty criou um grupo especial de crise para assuntos consulares e migratórios. Segue a nota:

O Ministério das Relações Exteriores, ciente e atento às diversas limitações à circulação de pessoas entre países, estabelecidas nos últimos dias em decorrência da pandemia da COVID-19, criou o Grupo Especial de Crise para auxiliar os cidadãos brasileiros que se encontram impedidos de retornar ao Brasil.

No momento, os esforços estão concentrados em gestões diplomáticas com autoridades nos diversos países, para abertura excepcional de espaços aéreos, e em entendimentos com companhias aéreas, para a realização de voos destinados a repatriar os brasileiros.

A atuação das embaixadas e consulados do Brasil, que, desde o início da pandemia, mantêm contato direto com os turistas brasileiros, já permitiu mapear as dificuldades enfrentadas por nossos cidadãos retornar ao Brasil.

De forma a agilizar o atendimento aos que necessitam de apoio, o Itamaraty solicita que as comunicações sejam comunicadas aos números telefones listados abaixo.

O Itamaraty permanecerá empenhado em solucionar a presente situação e continuará prestando todo apoio consular brasileiros impedidos de retornar ao Brasil.

Américas: +55 61 98260-0610

Europa: +55 61 98260-0787

África e Oriente Médio: +55 61 98260-0568

Ásia e Oceania: +55 61 98260-0613

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário