img_5946.jpg

Do Radar, na Veja online

O ministro Ives Gandra Martins, do TST, vai mediar uma negociação entre a Petrobras e os petroleiros que estão em greve nacional desde o inicio do mês. A reunião de mediação ocorrerá nesta sexta-feira, em Brasília.

A  negociação está condicionada à “imediata cessação do movimento paredista”. As entidades de classe teriam se comprometido a suspender o movimento grevista em troca da negociação.

Gandra levou em consideração uma decisão da Justiça do Trabalho no Paraná que determinou a suspensão das demissões ocorridas na empresa ANSA, objeto da greve, até o dia 6 de março.

A solução de compromisso temporária também é resultado de quase duas horas de conversas realizadas terça-feira pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobras, liderada pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN), no gabinete do ministro.

O encontro reuniu outros 16 parlamentares do PT, PCdoB e PSOL.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Um grande líder esse tal de Pratinhas. Saindo da comodidade e indo tratar de empregos na área de combustíveis fósseis. Muito bem, Pratinhas!

Deixe um comentário