18/12/2019 – MOTORES – SEMINÁRIO A GESTÃO DO PETRÓLEO E O FUTURO DO RN NO AUDITÓRIO DA FIERN – MOTORES_AMARO SALES (PRESIDENTE DA FIERN) - FOTO: ALEX RÉGIS/ TRIBUNA DO NORTE

O clima tenso e acirrado  continua on na diretoria da Federação da Indústria do Rio Grande do Norte.

O presidente Amaro Sales (foto) amargou derrota judicial significativa  na tarde de quarta-feira, 23.

Uma decisão liminar do juiz Dilner Nogueira Santos, da 6ª Vara do Trabalho de Natal, determinou a suspensão de Assembleia Geral Ordinária marcada para amanhã , condicionando à entrega de documentação pedida em ação judicial patrocinada  pelo diretor Pedro Terceiro de Melo.

Os documentos que Sales deverá entregar dizem respeito à toda movimentação bancária da FIERN no exercício de 2019, incluindo extratos de cartão corporativos com uso da Presidência da Federação.

Um pleito feito e não atendido de forma administrativa por integrantes do Conselho.

Amaro Sales terá 10 dias para apresentar toda a documentação, que também inclui balancetes contábeis. O descumprimento gera multa diária de R$ 1000 diária, além dos efeitos do crime de desobediência.

Deixe um comentário