papi

A venda dos imóveis do PAPI em leilão judicial, foi homologada pela Justiça do Trabalho.
Os imóveis foram adquiridos pelo R$ 18.9 milhões, pela firma “Participações Hospitalar Ltda”, pertencente ao grupo Hospital Rio Grande. O comprador anunciou a continuidade da atividade fim.
Duas entidades financeiras, tentaram impedir a venda, mas a Justiça do Trabalho manteve a venda.

PRONTO SOCORRO INFANTIL

O PAPI foi pioneiro como pronto socorro o infantil em Natal e funcionou por mais de 40 anos, até entrar numa crise econômica.
Há alguns anos deixou de funcionar, alcançado pela crise.

Deixe um comentário