José-Augusto-Delgado

 

NOTA DE PESAR 

A Justiça Federal no Rio Grande do Norte externa todo seu luto pelo falecimento do inesquecível ministro José Augusto Delgado. Um jurista que marcou a história do Judiciário Federal potiguar, de onde foi um de seus primeiros juízes federais.

O ministro Delgado, como era carinhosamente chamado por todos, sempre esteve presente no nosso dia a dia, mesmo após ter alçado voos ímpares na carreira da judicatura, como Desembargador Federal e depois como Ministro do Superior Tribunal de Justiça. 

Foi um professor na forma mais completa do termo. Mestre nas lições profissionais, exemplo de homem honrado, estudioso e cidadão comprometido com a causa do Direito. Nosso Ministro Delgado escreveu uma história irretocável e de grandes legados.

Neste momento da sua partida, choramos todos nós. Sentimo-nos órfãos do nosso ministro, que deixa muita saudade.

Em nome do Juiz Federal Magnus Augusto Costa Delgado, seu filho, externamos nossas condolências ao seus familiares e amigos.

O ministro Delgado permanecerá entre nós, com tudo que aprendemos com ele e que reproduzimos como referência de inesquecível jurista.

Natal, 9 de setembro de 2021 

Juízes Federais, Servidores, Mediadores, Conciliadores, Residentes e Estagiários

A HISTÓRIA QUE NÃO MORRE 

O ministro do STJ Marcelo Navarro Ribeiro Dantas também lamentou, lembrando sua importância para consolidar a Justiça Federal no Rio Grande do Norte:

Tristeza imensa. Um magistrado exemplar.

O homem que consolidou a a Justiça Federal no RN.

Uma perda irreparável para o Estado e a Justiça brasileira. Que Deus console a família!

Deixe um comentário