img_4775.jpg

O Tweet acima é de 2017 e acompanha outros tantos do mesmo ano.

Na timeline do empresário Mário Roberto Barreto, ex-secretário de Turismo do RN, o Hotel dos Reis Magos parecia até samba de uma nota só.

Em quase três anos, deu entrevistas a rádios, jornais e blogs. Tirou fotos, fez denúncias e participou de audiências públicas com autoridades. Outras não puderam lhe atender. Ele não desistiu.

Criticava a complacência com os proprietários do imóvel. Sem medo de dar a cara a bater.

Falava com a autoridade de ser …  vizinho,  de quem sofria na pele os efeitos do abandono. De quem foi empresário de hotelaria em Natal e Miami. De quem teve dengue, possivelmente, fruto dos indesejáveis hóspedes do saudoso Hotel.

Hoje, o registro oportuno de quem fez a diferença nesta novela de tantos protagonistas e paraquedistas. Que acertando ou errando, saiu do lugar, da inércia, da omissão.

Algo que parece muito numa terra de tantos monumentos invisíveis às autoridades e aos simples mortais como Mário, eu e você.

Neste rol, leia-se Fortaleza dos Reis Magos, Teatro Alberto Maranhão, antiga Faculdade de Direito, Biblioteca Câmara Cascudo, Museu da Rampa, Grande Hotel, Hotel da BRA na Via Costeira. para citar alguns.

Por mais Mários nas lutas que precisam de andorinhas incansáveis. De inverno a verão. Vizinhos ou não.

Comentários do Site

  1. LUIZ CARLOS DA SILVA
    Responder

    Coincidentemente, hoje fiz um comentário no Twitte. Será que também
    pretendem demolir o Forte dos Reis Magos?

Deixe uma resposta para LUIZ CARLOS DA SILVA Cancelar resposta