244EA854-5797-4522-8DD3-AE7E7468B427

Frank Patino


Por Asher Notheis para o Washington Examiner em 
22 de setembro de 2021

Um júri federal em Michigan condenou um médico, na quarta-feira, por orquestrar um esquema de fraude para enganar os pacientes com altas doses de opioides, de acordo com o Departamento de Justiça.

Documentos judiciais e evidências apresentadas no julgamento mostram que Frank Patino, de 66 anos, “excessivamente” prescreveu opioides altamente viciantes a seus pacientes em troca de injeções espinhais lucrativas, disseram promotores federais.  Patino negou prescrições de opióides de pacientes que se recusaram a aceitar as injeções, de acordo com as evidências.

Patino foi condenado por uma acusação de conspiração para cometer fraude de saúde e fraude eletrônica, duas acusações de fraude de saúde, uma acusação de conspiração para fraudar os Estados Unidos e pagar e receber propinas de saúde, uma acusação de conspiração para cometer lavagem de dinheiro e uma acusação  de lavagem de dinheiro.

De janeiro de 2012 a julho de 2017, Patino cobrou do Medicare mais injeções espinhais do que qualquer provedor nos EUA, disse o departamento, acrescentando que as evidências mostraram que em 2016 e 2017, Patino prescreveu mais pílulas de oxicodona de 30 miligramas, destinadas ao alívio da dor severa,  do que qualquer outro médico em Michigan.

Uma grande parte do dinheiro arrecadado com o esquema de fraude de Patino foi para a promoção de seu programa de dieta especializado e livro de estilo de vida e bem-estar, disseram os promotores federais.  Patino pagou o Ultimate Fighting Championship e outros lutadores de artes marciais mistas para promover sua Dieta Patino, de acordo com o Departamento de Justiça.  Ele também usou seu dinheiro em joias, carros e férias.

Patino enfrenta a pena máxima total de prisão perpétua.  Sua sentença está programada para 20 de janeiro de 2022.

Deixe um comentário