download (6)

Metade dos trabalhadores do Rio Grande do Note atuam na informalidade. A taxa de informalidade no RN é de 48,4%, segundo o IBGE.
Em 11, essa taxa de informalidade é superior a 50%, chegando 1 62% no Estado do Pará.
Em todo o Brasil a parcela de pessoas sem carteira assinada, de conta própria e empregadores sem CNPJ, ficou em média em 41.1% da força de trabalho no ano passado.. O maior patamar já registrado no país e um número recorde em 20 estados.

Deixe um comentário