Ministro da Saúde deve deixar a pasta depois do Carnaval

x89622387_Brazilian-Army-General-Eduardo-Pazuello-puts-on-a-facemask-during-his-inauguration-ceremony.jpg.pagespeed.ic.61he9NDoqC Deu na Veja 

Há nove meses sob o comando do general Eduardo Pazuello, o Ministério da Saúde pode mudar em breve de chefia. Até auxiliares do ministro já admitem que o ciclo dele à frente da pasta está chegando ao fim — mais precisamente, após o carnaval.

Alvo de investigação no Supremo, Pazuello segue trabalhando no seu ritmo, sem dar sinais de desânimo. Mas interlocutores da Saúde afirmam que o Ministério passa por um  momento de grande desorganização interna.

O timing pós-carnaval é apontado como favorável uma vez que a produção da vacina pela Fiocruz terá ganhado fôlego e os acertos no Congresso já terão passado, permitindo fazer uma leitura sobre o que ou quem ficou, digamos, faltando contemplar.

TL CONTA MAIS 

Apesar do ruído no anúncio das vacinas para os estados, a relação do Ministro com a Governadora Fátima Bezerra é das melhores na Esplanada. Respeito e atenção recíprocas.

Tanto que a governadora não teve a menor intenção de alimentar a repercussão na imprensa. A saída, se confirmada, deixará a governadora no vácuo.

3 thoughts on “Ministro da Saúde deve deixar a pasta depois do Carnaval

  • 5 de fevereiro de 2021 em 15:25
    Permalink

    Notícia da revista veja, nem o antigo dono lê.
    Essa revista virou folhetim igual a isto é.

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2021 em 13:27
      Permalink

      Blá blá blá… Coisa de bolsonarista besta.

      Resposta
  • 6 de fevereiro de 2021 em 13:29
    Permalink

    Pazuello sempre teve medo dos “gópi” de Fátima.

    Fátima pode se aliar ao ministro Fábio Faria e ao ministro Rogério Marinho. O lado que ela for, uma hora vai cair. Ô mulher de sorte!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.