O ministro da Saúde Marcelo Queiroga sentará novamente na cadeira  da CPI da Pandemia nesta terça-feira para tentar explicar as incoerências entre as recomendações de sua pasta e as ações do Palácio do Planalto.

Um desafio e tanto.

O ministro deverá  falar , inclusive, sobre a pertinência da Copa América no Brasil – que vive a terceira onda da apdânemia com hospitais atravessando falta de leitos críticos para Covid-19.

Sobre vacinas, Queiroga deverá ser questionado sobre o prometeu entregar e o que de fato chegou aos estados. Até o momento, foram entregues pouco mais de 100 milhões de doses de imunizantes aos estados.

Deixe um comentário