Há algum tempo que não escrevo por aqui sobre o Ninguém é perfeito, mas pode melhorar… . Gosto demais de falar sobre comportamento social.

Pois, voltaaamos!

E, vamos logo de assunto básico, do conhecimento de todos, mas que sempre vale a pena lembrar: anfitrião jamais deve constranger seus convidados.

O que é constranger?? Primeiro, o dicionário…

“Circunstância desagradável; situação de completo embaraço; vexame. Demonstração de timidez; encabulamento. [Por Extensão] Aquilo que é desagradável.”

Então, quando Você for o anfitrião, jamais seja desagradável com absolutamente ninguém que esteja ao seu redor, tanto com os seus convidados quanto com quem está trabalhando pra Você na ocasião.

Se Você não vai conseguir se agradável com algum convidado ou essa tarefa vai ser difícil pra sua psique, não o convide, o elimine da sua lista. Ou, melhor, Ele nunca deveria ter estado na sua lista.

Regra básica: o anfitrião tem que receber de coração e braços abertos e deixar todos muito à vontade, conversar pautas aprazíveis, sorrir e ter sensibilidade no contexto da sua reunião social.

Evite todo tipo de assunto polêmico e pessoal, como política, religião, sexualidade, doenças, dinheiro e tudo o que não for de bom tom. Por isso “sensibilidade” é um viés da elegância. Esses assuntos só são permitidos para grupos muito, mas muito íntimos, ou melhor, um grupo pequeno de amigos pessoais.

Outra regra: nada da indiscrições ou perguntas idem.

E, uma máxima que aprendi com a minha vivência e com as leituras de Danuza Leão e Carmem Mayrink Veiga: atenção e carinho máximos aos seus convidados, são eles os destaques da noite.

Ninguém é perfeito, mas pode melhorar…

Jamais conjugue esse verbo enquanto for anfitrião... ou melhor, não conjugue na sua vida, afinal lembre-se da lei universal: tudo volta!

Jamais conjugue esse verbo enquanto for anfitrião… ou melhor, não conjugue na sua vida, afinal lembre-se da lei universal: tudo volta!

Logo Anninha Logo Fabi b77428f7-0f3f-460b-921a-34503f7d686b 5d37274b-d302-4c8e-89c7-6a8ad3764f00

Deixe um comentário