caixa-presente1_thumb2

Nos 100 dias do maior acidente ambiental que o Brasil já teve em seu litoral, ainda não se tem respostas sobre qual tipo de substância contém no óleo vazado, as consequências à saúde que ele pode acarretar e uma ação efetiva de enfrentamento.

O deputado federal Rafael Motta (PSB)resolveu marcar a data com um presente “especial” ao Ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) durante a reunião da Comissão de Trabalhadores, Administração e Serviço Público da Câmara.

Motta levou um pote de plástico que, segundo ele, continha dez gramas de óleo recolhido em uma das praias do Rio Grande do Norte. Afirmou ainda, em tom irônico, que era um “presente” para o ministro “em reconhecimento” ao trabalho feito pelo governo federal.

Enquanto deputados da oposição discursavam, Salles ria, o que gerou irritação nos parlamentares.Salles saiu da Comissão antes de ser encerrada a sessão.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Rafael Motta só errou na contagem do tempo. Poderia ter entregue o presente desde a primeira não manifestação do tal ministro.

Deixe um comentário