Os três senadores do Ro Grande do Norte; Zenaide Maia, Jean Paul Prates e Styverson Valentin votaram NÃO ao veto do presidente Jair Bolsonaro, permitindo aumento salarial a profissionais de saúde, professores e da área de segurança.

Na verdade, o veto seria para “não proibir  aumento ” e que cada governador e prefeito façam seus reajustes com suas Casas Legislativas.

Olhando para o cenário local, uma bomba relógio no colo da Governadora Fátima Bezerra e dos prefeitos que têm dado sinais de respirar por aparelhos quando o assunto é pagar a folha de pessoal em dia. Imaginemos com aumento…

Esses também entram na torcida silenciosa pela manutenção do VETO na Câmara Federal.

Deixe um comentário