9D84DFA1-E7C3-42B9-A9E5-9B952E8E22C9

Fonte: Corrieri della Sera 

O Papa Francisco foi hospitalizado hoje, domingo, 4 de julho. Encontra-se na Policlínica Gemelli, onde foi submetido a uma cirurgia eletiva para uma estenose diverticular sintomática do cólon. 

A operação foi realizada pelo Professor Sérgio Alfieri, diretor da Unidade de Cirurgia Digestiva. 

O papa, de 84 anos , terá de permanecer hospitalizado “pelo menos cinco dias” , segundo relatos da agência Ansa, que cita fontes próximas ao hospital.

A Santa Sé fala de uma “intervenção planejada há algum tempo para  uma estenose diverticular sintomática do cólon “, ou seja, uma oclusão devido a divertículos inflamados que devem ser removidos . Essa condição pode causar dores abdominais recorrentes.

Em geral, uma técnica laparoscópica não invasiva é usada para remover os divertículos. A intervenção geralmente é de curta duração.

O Papa chegou ao Gemelli pouco depois das 15 horas: seu carro, como sempre, não tinha marcas de identificação particulares, e o deixou na entrada do hospital. Com ele havia poucos seguidores: apenas o motorista e um colaborador próximo de Francesco.

Naquele momento, nenhum dos pacientes notou algo em particular que estava acontecendo. Ninguém – exceto os médicos diretamente envolvidos – soube da intervenção, dentro da Policlínica.

Os médicos de Gemelli já tiveram que operar outros papas no passado.

Do Papa  João Paulo II, por exemplo, em 1992 foi removido um tumor benigno no cólon. E é justamente no quarto do décimo andar que abrigou  Karol Wojtyla onde se encontra o Papa Francisco.

 

Deixe um comentário