Parada cardíaca de criança no interior de SP NÃO teve relação com vacina de Covid

vacina-crianca-970x550

Da Folha 

O caso da menina de Lençóis Paulista (SP) internada após ter sido vacinada aguçou críticos da imunização infantil, que ignoraram a conclusão da Secretaria da Saúde de SP de que a dose NÃO CAUSOU parada cardíaca.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) falou por telefone com os pais da garota, no final da manhã.

Depois, a ministra Damares Alves (Direitos Humanos) , recém-lançada pré-candidata ao Senado paulista, visitou a criança, ao lado de Marcelo Queiroga (Saúde).

 

img_8478.jpg

LAUDO 

O evento adverso pós-vacinação foi descartado por análise do Centro de Vigilância Epidimológica, realizada por mais de dez especialistas, como adiantou a coluna de Mônica Bergamo.

Não existe relação causal entre vacinação e o quadro clínico apresentado.

DO TL 

Não se tem notícia de comportamento semelhante do ministro Queiroga ou do presidente Bolsonaro com as famílias das crianças que foram vítimas fatais do Coronavirus.

Parece campanha velada contra vacinação. Velada?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.