images-2

Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro quer criar, conseguiu coletar 82.839 assinaturas em período de 5 dias. Os números correspondem a fichas assinadas e já entregues a cartórios eleitorais.

A meta para a sigla em formação é alcançar 492.015 inscrições, quantidade necessária para criação de 1 partido, até o final de janeiro de 2020, quando o judiciário retorna de recesso.

A partir daí, o o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) poderia se debruçar sobre o processo de criação da legenda.

Para que o partido possa concorrer nas eleições de 2020, o processo deve ser aprovado até o início de abril, 6 meses antes do pleito de outubro.

De 20 de dezembro até 4ª feira (25.dez), o grupo conseguiu recolher, em média, 16,6 mil assinaturas por dia. Se continuarem nesse ritmo, chegarão à meta em 18 de janeiro.

O próximo passo, depois de conseguirem todas as inscrições necessárias, é cadastrar as fichas no sistema do TSE. O prazo para análise é incerto.

Se o termo for mantido a sigla estará pronta para concorrer as eleições municipais de 2020.

Deixe um comentário