Segue nota da Prefeitura de Natal  sobre o retorno das aulas presenciais anunciada para 10 de agosto.

Em razão de solicitações que recebeu durante todo o dia de pais, professores e gestores preocupados com as possíveis consequências que a volta às aulas poderia ocasionar na saúde dos seus filhos e alunos, embora tenha tido um posicionamento, com base em dados estatísticos e epidemiológicos, a princípio favorável do comitê científico municipal, o prefeito Álvaro Dias, sensível aos apelos que lhe foram dirigidos, decidiu postergar a definição da data de retorno das aulas presenciais.

Até lá, seguem em observação os dados epidemiológicos na cidade e a definição de protocolos para a volta às atividades escolares, sempre com a máxima preocupação com a preservação da vida humana, como tem sido pautada a atuação da Prefeitura no enfrentamento à Covid-19 desde o início da pandemia. 

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Parece que acertei no post anterior. Falta só os Fatóticos alfinetarem o prefeito pelo recuo, famosa ré. Não que Fátima não dê ré, mas agora se trata de quem faz primeiro e recua por último.

  2. Mável
    Responder

    Crianças são inconsequentes, no que tange à segurança e aos cuidados com a vida, então, o ideal é passar o perigo, que é iminente, para só depois voltarem às aulas.🙏🙏🙏

Deixe um comentário