capture-20201105-062246.png

 

A prática já conhecida na eleição da UFERSA de Mossoró agora se repete na Paraíba com direito a forte reação da turma da Educação.

É que foi publicado no Diário Oficial de hoje a nomeação do presidente Jair Bolsonaro do candidato menos votado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), como novo reitor. Valdiney Veloso Gouveia ficou em terceiro lugar na consulta e teve apenas 5,35% dos votos.

Durante o processo eleitoral, Valdiney se mostrou como defensor do programa Future-se, um dos principais carros chefe do Ministério da Educação em relação às universidades federais.

Na escolha da lista tríplice a chapa formada por Valdiney não obteve nenhum voto dos Conselhos da UFPB. A lista foi encaminhada ao Ministério da Educação para a nomeação do presidente Jair Bolsonaro.

A candidata mais votada na consulta foi Terezinha Domiciano da chapa 2, que obteve 964,518 votos. Em setembro, Terezinha afirmou que achou estranho o movimento considerado conservador que pedia a nomeação do terceiro colocado na consulta.

Tudo indica que assim como no Rio Grande do Norte, a nomeação da Paraíba terminará sendo judicializada.

Deixe um comentário