portaldoholanda-portaldoholanda-lucassantosleiwalkyria-1095503-1095503

A governadora Fátima Bezerra (PT) sancionou ontem  a lei que prevê medidas de prevenção as práticas de ódio e ataques nas redes sociais, que gerem depressão, automutilação e até  suicídio em crianças e adolescentes.

A lei recebeu o nome de Lucas Santos, em homenagem ao jovem, filho da cantora Walkiria Santos encontrado morto depois de sofrer bullyng em publicação de um vídeo no TikTok.

A lei estadual não prevê criminalização ou penalidade a ataques virtuais, mas prevenção da prática e das possíveis consequências geradas com palestras e aulas nas escolas privadas e públicas do RN.

A família de Lucas ainda luta pela aprovação da lei federal que vai tornar crime a prática de comentários com ódio nas redes sociais.

Deixe um comentário