Em qualquer pesquisa qualitativa feita nos últimos anos nas capitais dos estados do Brasil a Segurança surge no topo das preocupações do cidadão, que se sente desprotegido com o aumento da violência urbana.

O que só os mais esclarecidos sabem, entretanto,  é que o problema não integra as responsabilidades/atribuições dos prefeitos das cidades, mas dos Governadores prioritariamente.

Mas em ano eleitoral vale tudoooo.

Com essa pauta, o candidato a prefeito de Natal Kelps Lima (Solidariedade) traz o problema  à tona.

Sim, verdadeiro no conteúdo, mas  que pouco ou quase nada poderia mudar se eleito nas eleições de novembro próximo.

Nas suas últimas abordagens das redes sociais, Kelps denuncia que enquanto a Governadoria do RN  conta com 80 policias para sua segurança, na Zona Sul (Cidade Satélite, Planalto e Pitimbu)  apenas 60 policias para “bairros com milhares de pessoas”.

– É um absurdo! , diz ele.

Quase não grande como querer mudar uma realidade que não está a seu alcance.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Kélps acha que o eleitor além de burro, é palhaço. Como deputado, quais as providências ele exigiu do Governo do Estado para melhorar a segurança em Natal? Qual foi a emenda de Kélps relacionada a qualquer força de segurança, seja municipal ou estadual?
    O povo só caí nessa conversa fiada se for o que Kélps imagina que seja: burro e palhaço.

Deixe um comentário