images (2)

Nos anos ´70, o Brasil importava mais da metade do petróleo que consumia, e no dia 14 de Novembro, de 1973, há 46 anos portanto, uma boa notícia foi revelada: -A Petrobrás havia descoberto petróleo na plataforma continental do Rio Grande do Norte.

O campo de Ubarana, o primeiro descoberto, fazia renascer as esperanças da auto suficiência de petróleo. Essa expectativa continuou até o inicio da efetivo produção em julho de 1976.

O primeiro poço terrestre no RN entrou em operação em dezembro de 1979 e permanece em atividade, com a diferença de ser movido a energia solar.

O quadro econômico do Rio Grande do Norte havia mudado com a chegada de inúmeros fornecedores e da própria presença da Petrobrás.

Como economia não rima com saudosismo, num dos planos de desinvestimentos, 40 anos depois, a petroleira colocou à venda o campo de Ubarana, assim como de dez campos marítimos que detém sozinha, ou com parceiro, em produção no Rio Grande do Norte, num processo já iniciado com os campos em terra, os campos maduros, na região de Mossoró, já vendidos pela ANP.

Com isso o RN pode entrar numa fase de novos investimentos, sem a empresa estatal, em tecnologia e revitalização de áreas já antigas e com produção em declínio. Isso quando a presença de petróleo poluindo as praias – a chamada mancha negra –  está provocando pavor na população.

 

 

 

 

 

 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário