img_5020.jpg

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2020, com o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões.

Não houve vetos, como se chegou a vislumbrar.

A medida foi anunciada pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral, Jorge Oliveira, na noite desta sexta-feira (17), no Twitter.

“O PR @jairbolsonaro sancionou integralmente a LOA-2020, que estima a receita e fixa as despesas da União para o corrente ano, dentro da meta prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias”, escreveu o ministro.

Entre os partidões “campeões” do Fundão continuam os tradicionais PT e MDB, além do PSL alçado ao pódio pelo fenômeno Bolsonaro,

Deixe um comentário