Do Blog Saulo Vale 

A reitora da Universidade Federal Rural do Semiário (Ufersa), Ludimilla de Oliveira, oficializou a saída do Fórum dos Reitores do Rio Grande do Norte.

O grupo, desde a sua existência, reúne os reitores da Uern, Ufersa, UFRN e IFRN.

Atualmente é presidido pelo reitor da UFRN, Daniel Diniz.

É a primeira vez que um reitor se retira do grupo, que tem como objetivo discutir ações conjuntas em favor das quatro instituições públicas de ensino superior.

A saída de Ludimilla se dá num momento em que o Fórum dos Reitores discute pressão, junto ao Governo Federal, contra o corte nos recursos para as universidades públicas.

Na última reunião, para discutir esse tema, Ludimilla levou falta.

Justificativa

Em contato com o Blog Saulo Vale, a reitora da Ufersa afirma que saiu do Fórum dos Reitores do RN por “não estar de acordo com algumas discussões que são feitas lá”.

“Uma coisa são discussões eminentemente políticas. Outra coisa são discussões técnicas, diplomáticas e administrativas. O trabalho e parceria junto às instituições permanecem o mesmo. Mas, no que se refere às discussões desse Fórum, realmente nós não temos interesse em participar”, acrescentou.

A reitora foi questionada sobre que tipo de discussões a desagradaria, mas não respondeu ao questionamento.

Ludimilla foi nomeada reitora da Ufersa no dia 22 de agosto de 2020, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com aval do bolsonarismo potiguar.

Na consulta à Lista Tríplice da instituição, ela ficou em terceiro lugar.

Comentários do Site

  1. PedroArtur
    Responder

    Parabens reitora , essa turma nao eh brincadeira sei disso a muito tempo, a Sra mostrou que tem carater e personalidade.

    • LUIZ BARBOSA
      Responder

      A reitora, infelizmente, faz parte do gado. Não tem opinião própria.
      Se brincar, é capaz de ela tomar cloroquina.

  2. observanatal
    Responder

    Ainda que não tenha assuntos agradáveis, esse grupo deveria ser de trabalho. A saída não ajuda qualquer decisão na Ufersa. Talvez a favoreça junto ao Governo do Estado, mas não traz nenhum bem à instituição.

  3. André Gomes
    Responder

    Está de parabéns a nobre reitora, pela coragem e coerência apresentada pra cima dessa turma de lacradores, q jamais pensaram nos alunos ou instituições que representam, mas sim, querem fazer a velha politicagem barata, suja, ideológica, contra um governo q definitivamente não atende a suas pautas. Mais uma vez, parabéns, Professora Ludimilla, e q outros também tenham a sua coragem e sua coerência. O que falta pras nossas universidades públicas é passar por uma limpa ideológica, que elimine de vez esses socialistas q nada têm a ver com Educação. A grande maioria do povo brasileiro não aceita e não reconhece esse tipo de reitores militantes, q tanto mal têm feito as nossas instituições públicas, infestadas de comunistas.

Deixe um comentário