Segunda maior rede de lojas de departamento do Brasil, a Riachuelo abriu conversa com a Anvisa na manhã desta sexta para obter as autorizações técnicas e sanitárias da agência para começar a produzir máscaras e aventais descartáveis.

A empresa fechou duas fábricas – as fábricas de Fortaleza e Natal juntas formam o maior parque fabril do segmento na América Latina, com 12.000 funcionários — por causa do coronavírus e está com toda a estrutura à disposição do governo para entrar nessa frente de batalha contra o vírus.

Do Radar na Veja

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Desde que proteja também seus funcionários para fabricar as máscaras e aventais, tudo bem. Uma ótima iniciativa.
    Os grandes empresários desse país podem contribuir mais.

Deixe um comentário