download (1)

O Arcebispo de Natal, d. Jaime Vieira da Rocha, foi a cidade de Macau atender convite dos paroquianos para chancelar a abertura do processo de canonização do monsenhor Joaquim Honório, que já é chamado o “Santo de Macau”.

Atualmente existe no Vaticano um processo aberto pdindo a canonização do oadre João Maria, o Santo de Natal.

HISTÓRIA DE UM SANTO

Em 14 de janeiro de 1879, nasceu em Macau Joaquim Honório da Silveira. Filho de Francisco Honório da Silveira Canuto e Ana Honório da Silveira, descendentes de uma das principais famílias do município a Honório da Silveira

. Ele teve dez irmãos: Maria (1876), Luiza (1877), Francisco (1880), José (1882), Antonio (1884), Manoel (1885), Ana (1886), João (1887), Amaro (1889) e Teodorico (1896). Foi o terceiro dos onze filhos, sendo o primeiro filho homem do casal Francisco e Ana. Foi vigário paroquial de Macau por duas vezes. O primeiro pastoreio foi de 1902 a 1913, o segundo foi de 1938 até 1º de novembro de 1966, quando faleceu.

O Monsenhor Honório foi sepultado na igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. “Seu corpo encontra-se numa simples sepultura, tendo a imagem de Nossa Senhora Auxiliadora olhando para a sua lápide. Onde está enterrado o filho sacerdote de Macau” .

Os registros indicam que ele viveu para o sacerdócio, fez deste ideal seu projeto de vida. Sua religiosidade inicia-se em 29 de março de 1895, quando ingressa no  Seminário Episcopal da Paraíba, levado pelo Padre Francisco de Assis e Albuquerque vigário de Macau na época, a quem foi confiada a sua vocação.

No seu primeiro pastoreio a frente da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Macau, monsenhor Joaquim Honório junto com a comunidade fundou as seguintes associações católicas: Pia União das Filhas de Maria –1905, Doutrina Cristã -1907, Pia Associação das Almas –1910 e a Confraria do Santíssimo Rosário –1910

No dia 15 de agosto de 1913, Monsenhor Honório assumiu a paróquia de Nossa Senhora da Apresentação em Natal, onde permaneceu por sete meses. Em março de 1914, foi transferido para a paróquia de São João Batista na cidade de Assú, ficando até 12 de março de 1926. Nessa cidade, foi responsável pela fundação do Colégio Nossa Senhora das Vitórias.

Comentários do Site

  1. João Carlos Ferreira Honório
    Responder

    Gostaria de saber sobre o irmão do Monsenhor Joaquim Honório, que o nome de José Honório da Silveira que nasceu em 1882, ele o pai de Getúlio Honório o meu avô; gostaria de saber qual foi mais ou menos o ano que ele faleceu?

    • Laurita Arruda
      Responder

      Olá, boa noite!
      Minha avó Alda Silveira Dias era filha do irmão de Monsenhor Honorório, o nome dele era Antônio Honorório da Silveira.
      Ele faleceu em 1950.

      • Eduardo Barcelos da Silveira Silva
        Responder

        Laurita, tudo bem? Eu sou neto de Maria Zuila, que era sobrinha do Monsenhor Honório e foi criada por ele, na cidade de Niterói-RJ (ele veio para cá transferido). Nossa família sempre teve curiosidade para saber mais sobre nossa origem. Podemos conversar? Se sim, me envie um e-mail ou mensagem no whatsapp: dudu.barcelos@gmail.com / 11 96688-1619. Obriago, Eduardo.

Deixe um comentário