Roda Viva – Tribuna do Norte – 19/09/21

O prestígio dado pelo Governo do Estado ao lançamento do Complexo Eólico Offshore Ventos Potiguar é o reconhecimento ao trabalho de um grupo de técnicos locais que estão unidos para apressar a chegada de capitais para investimento em projetos de geração offshore na área de energia eólica e solar.

O Ventos Potiguar está cuidando da batalha do licenciamento ambiental e regularização junto ao Patrimônio da União, deixando-o pronto para a obra ser iniciada em curtíssimo espaço de tempo.

Um parque com capacidade de geração de 2.7 giga watts, praticamente sem custo do terreno. Uma estratégia que deu muito certo na Bahía.

Deixe um comentário