Por Lauro Jardim no Globo 

Jair Bolsonaro decidiu indicar dois nomes para a diretoria da ANS.

São eles :

Marcus Vinicius Dias, ortopedista e servidor de carreira do Ministério da Saúde, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Serão, se aprovados na sabatina do Senado, os dois únicos médicos da diretoria da Agência Nacional de Saúde.

A ANS que, entre outras missões, fiscaliza e regulamenta os planos de saúde, atua hoje com três diretores substitutos — de um total de cinco.

TL CONTA MAIS 

O cardiologista Marcelo Queiroga é paraibano, bolsonarista de primeira hora e foi cotado para assumir o Ministério da Saúde, sucedendo o médico Nelson Teich.

A família de Queiroga também é do Agro,  proprietária de fazenda em São José de Campestre e tem muitos amigos no Rio Grande do Norte.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Você pode ser o melhor da Galáxia, se não tiver QI, não tem nada.

    Por curiosidade: alguém já foi reprovado nessas sabatinas já acertadas?

    O fato de serem nordestinos não quer dizer nada.

Deixe um comentário