unnamed

Da Veja 

Em São Paulo, a Polícia Militar vai reforçar a segurança na casa do ministro Alexandre de Moraes, alvo prioritário dos aloprados bolsonaristas, durante o feriadão de 7 de setembro.

O ministro não tem sossego desde que avançou nas investigações do esquema bolsonarista de fake news contra os poderes da República e contra o próprio Estado Democrático de Direito.

Recentemente, o presidente admitiu o medo de ser preso por ordem de Moraes.

Declarações dessa natureza, vindas de Bolsonaro, acabam por estimular os ataques ao ministro.

DO TL 

Veículos que acompanham a movimentação nas redes sociais apontam que o número de manifestantes é muito superior na bolha Bolsonarista.

A indicação de líderes de esquerda e da oposição tem sido evitar confronto nas ruas e até adiar os protestos contra o Governo Bolsonaro para o dia 12 de setembro.

Deixe um comentário