Sem querer privilégios, Tércio Tinôco começa luta da acessibilidade pela Câmara

tercio-tinoco--930x524

A eleição de Tércio Tinoco (PP) para o primeiro mandato de um cadeirante na Câmara Municipal de Natal já começa a fazer e mudar a história da Casa.

A começar pela escolha do gabinete que vai ocupar. Depois da eleição, o presidente Paulinho Freire (PDT) chegou a lhe oferecer uma opção  no primeiro andar.

Resposta negativa.

Nada além do que uma pessoa sem deficiência física teria direito.  Tinôco não quer previlégio, mas que o local seja acessível para qualquer pessoa com limitações. Isso é lei federal, aliás.

E assim será feito. A CMN conta com um elevador em suas estruturas que estava quebrado e sem uso. Será consertado e voltará a ser  usado. Como deveria ter sido desde sempre.

A instabilidade começa a ter eco. E ele está só começando…

2 thoughts on “Sem querer privilégios, Tércio Tinôco começa luta da acessibilidade pela Câmara

  • 19 de novembro de 2020 em 11:42
    Permalink

    Muita luta pela acessibilidade e inclusão ! Parabéns a Tercio Tinoco !

    Resposta
  • 19 de novembro de 2020 em 13:42
    Permalink

    À Câmara terá acessibilidade na marra. Que bom!
    Por aqui são dois candidatos eleitos na torcida do blog, Tércio e Luciano Nascimento.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.